top of page
Buscar
  • Foto do escritorRocket Fuel Ads

Anúncios no Google Ads: A Chave para o Crescimento Rápido do Seu Negócio

Atualizado: 14 de jun.

A google processa aproximadamente 99.000 pesquisas por segundo, cerca de 8.5 mil milhões de pesquisas por dia e na maioria das páginas de resultados de pesquisa encontra vários resultados com a referência “PATROCINADO” identificando os anúncios Google Ads, e é aqui que aparecem os negócios que querem crescer rápido.

Neste artigo vamos partilhar a nossa visão sobre o que são os Google Ads, como é que funcionam, porque razão deve fazer anúncios no Google e se deve fazer a gestão da sua conta Google Ads internamente ou através de uma agência.



Logotipo anúncios Google Ads

Google Ads o que são?


Google Ads, anteriormente conhecido como Google AdWords, é o nome da plataforma de pagamento por clique (PPC) da Google, baseada em licitações, que permite às empresas ganhar visibilidade nas propriedades da Google.

O tipo mais comum de anúncio do Google Ads é o anúncio de pesquisa, que é apresentado na página de resultados do motor de pesquisa (SERP) para pesquisas relevantes para os produtos e serviços do anunciante, mas as empresas também utilizam o Google Ads para apresentar anúncios gráficos, anúncios de compras, anúncios do YouTube e muito mais. Os anúncios do Google são apresentados nos resultados de pesquisa do Google e em milhões de Web sites de parceiros do Google.


Como é que a publicidade no Google funciona?

Escreve-se um anúncio, faz-se uma licitação, espera-se e as vendas aparecem. É basicamente isso... com algumas pequenas ressalvas.

Em outro artigo vamos explicar como criar uma campanha do Google Ads passo a passo, mas, essencialmente, para fazer publicidade no google os anunciantes criam vários tipos de anúncios dentro da plataforma, definem os termos de pesquisa ou os segmentos de clientes a quem querem que seja apresentada cada campanha, e vão medindo os resultados de vários parâmetros e introduzindo ações de melhoria para maximizarem o retorno do seu investimento.

Normalmente estão vários anunciantes a competir pelo mesmo termo de pesquisa ou pelo mesmo segmento de clientes na mesma localização e para o mesmo idioma, e o google decide o anúncio que aparece com base num leilão, sendo que o preço para aparecer em determinada pesquisa e posição da SERP muda frequentemente.

E depende de vários fatores, incluindo o número de outras marcas que estão atualmente a segmentar essa palavra-chave, o volume de pesquisa, o alcance esperado, a hora do dia ou do ano, etc.


Como pago ao Google?

O anunciante pode pagar ao google de várias formas, mas de maneira simplista pode:


  1. Pagar por ação: Paga apenas quando um utilizador tem uma interação com o seu anúncio, e o custo é calculado por click ou envolvimento.

  2. Pagar por alcance: Aqui paga por visibilidade, e o custo é calculado por cada 1000 impressões de anúncios.

  3. Pagar por rentabilidade: Paga em função da sua rentabilidade, e o custo é calculado pela função retorno/investimento.


Existem várias estratégias de licitação, todas com variações, podendo ser mais manuais ou automatizadas com recurso a AI e mais restritivas ou mais abertas, sendo que a escolha depende da estratégia e da maturidade das campanhas. Num próximo artigo iremos explorar em maior detalhe este tema.


Os objetivos da campanha:

A criação de uma campanha deve ter sempre por base um objetivo, aliás esse é das primeiras perguntas que o google lhe faz quando cria uma campanha, os principais objetivos podem ser:

  • Vendas

  • Leads

  • Tráfego do Website

  • Notoriedade e ponderação

  • Promoção de apps

  • Promoção e visitas a lojas locais


Tipos de campanhas de anúncios no Google Ads:


Campanha da Rede de Pesquisa:

  • Descrição: Centrada em anúncios de texto que surgem nos resultados de pesquisa do Google, ativados por palavras-chave específicas quando os clientes estão a pesquisar.

  • Exemplos de Utilização: Negócios locais ou lojas online que procuram aparecer em pesquisas relacionadas aos seus produtos ou serviços.

  • Canais: Resultados de pesquisa do Google e rede de parceiros de pesquisa.


Campanha de Shopping:

  • Descrição: Exibe produtos diretamente nos resultados de pesquisa e no separador Google Shopping, com imagem, preço e descrição.

  • Exemplos de Utilização: Lojas de retalho online que querem mostrar os seus produtos visualmente.

  • Canais: Google Shopping tab, resultados de pesquisa da google e parceiros, maps etc.


Campanha de Apps:

  • Descrição: Promove aplicações em várias plataformas do Google, incluindo Pesquisa, Play Store, YouTube e Rede de Display.

  • Exemplos de Utilização: Desenvolvedores de aplicações à procura de aumentar instalações e envolvimento.

  • Canais: Google Play, YouTube, Rede de Display do Google em apps e outros.


Campanha Demand Gen:

  • Descrição: Focada na geração de procura, geralmente através de conteúdo educativo ou informativo para atrair clientes.

  • Exemplos de Utilização: Empresas B2B a gerar leads qualificados através de whitepapers, webinars, etc.

  • Canais: Discover, Gmail e YouTube entre outros.


Campanha de Máximo Desempenho:

  • Descrição: Usa a inteligência artificial do Google para otimizar automaticamente a colocação e o formato dos anúncios em várias plataformas.

  • Exemplos de Utilização: Empresas que visam maximizar conversões em múltiplos canais.

  • Canais: Todos os principais canais google.


Campanha da Rede de Display:

  • Descrição: Utiliza anúncios gráficos ou de texto em sites e aplicações parceiros do Google.

  • Exemplos de Utilização: Marcas à procura de aumentar o reconhecimento e retargeting.

  • Canais: Rede de Display do Google incluindo parceiros e youtube.


Campanha de Hotéis/Viagens:

  • Descrição: Específica para o sector de turismo, exibe anúncios em plataformas relevantes.

  • Exemplos de Utilização: Hotéis e agências de viagens a promover pacotes e ofertas.

  • Canais: Pesquisa Google, no Google Maps ou no YouTube.


Campanha de Vídeo:

  • Descrição: Anúncios em vídeo apresentados antes, durante ou após vídeos no YouTube e na Rede de Display.

  • Exemplos de Utilização: Campanhas de sensibilização de marca e envolvimento do consumidor.

  • Canais: YouTube e outros sites parceiros com conteúdo de vídeo.


Smart (Campanha Inteligente):

  • Descrição: Automatiza a criação de anúncios e a gestão de lances, ideal para pequenas empresas.

  • Exemplos de Utilização: Negócios com recursos limitados à procura de campanhas eficientes.

  • Canais: Pesquisa Google, no Google Maps, no YouTube, no Gmail e em Websites de parceiros Google.


Como é que o Google decide que anúncios mostrar em cada pesquisa?

O Google Ads centra-se em palavras-chave, as palavras que as pessoas mais utilizam quando procuram um produto. Ao criar uma campanha de pesquisa no Google Ads, os anunciantes desenvolvem um anúncio com uma oferta específica e selecionam uma lista de palavras-chave relevantes para essa oferta. Quando alguém pesquisa no Google, o sistema verifica se existem anunciantes a licitar palavras-chave relevantes para essa pesquisa. Se houver, os anúncios aparecerão nessa Página de Resultados do Motor de Busca (SERP).

Como decide o Google quais os anúncios a mostrar e por que ordem? Aqui entra o leilão do Google Ads

O Google analisa vários fatores para selecionar os anunciantes, os que se classificarem melhor aparecem mais em cima nos resultados, os que se classificarem pior mais em baixo, e alguns podem não ter sequer classificação suficiente para aparecer, pelo menos nas primeiras páginas.

Nesta seleção entram em equação dois muito importantes para o sucesso e rentabilidade das suas campanhas de Google Ads o Índice de qualidade e o AdRank.


O Índice de qualidade

O Índice de qualidade é a forma como o Google Ads determina quem tem o "melhor" anúncio a apresentar para uma palavra-chave. Trata-se de uma classificação numérica de 1 a 10. Por exemplo, um restaurante pode obter uma pontuação de 10 (alta) para a palavra-chave "sandes de abacate", mas provavelmente obteria uma pontuação de 1 (baixa) para a palavra-chave "canalizador local", certo?

Quanto maior o seu Índice de Qualidade, em conjunto com o valor do seu lance, melhor será a posição do seu anúncio. Os seguintes fatores (entre outros) afetam o seu Índice de Qualidade:

  • A relevância do seu anúncio do Google para a consulta de pesquisa

  • A relevância da palavra-chave do Google para o seu grupo de anúncios

  • A relevância do seu anúncio para a página de destino

  • A taxa histórica de cliques (CTR) do anúncio e do seu grupo de anúncios

  • Desempenho histórico geral da conta

O Índice de qualidade tem a capacidade de baixar os seus custos de publicidade e aumentar dramaticamente a sua exposição pois vai afetar o seu AdRank.


O que é o AdRank

O seu AdRank determina a colocação do seu anúncio. Quanto maior for o seu valor, melhor será o seu posicionamento, maior será a visibilidade do seu anúncio e maior a probabilidade de os utilizadores clicarem no seu anúncio.

Ele é calculado por uma fórmula que leva em conta o Índice de Qualidade e o montante que você oferece por uma palavra-chave. No infográfico seguinte tentamos ilustrar como estes elementos funcionam entre si.


Quanto custa anunciar no google: Google ads preços?

O os preços do Google ads variam com base em vários fatores, como vimos nos pontos anteriores o Google recompensa os anunciantes com Índices de Qualidade altos, reduzindo o custo por clique (CPC), o que ajuda a melhorar o Retorno sobre o Investimento (ROI).

E também da maior exposição a quem possui Índices de qualidade elevados, os seus anúncios serão exibidos mais frequentemente e em posições melhores na Página de Resultados do Motor de Busca (SERP) – no topo em vez do fundo da página. Isso permite obter mais cliques e conversões sem ter que aumentar os seus lances.

Mas há muitos outros fatores que influenciam os preços do google ads, incluindo a competitividade das suas palavras-chave e indústria, a sua localização geográfica países mais competitivos os custos são mais elevados, países menos competitivos os custos são mais baixos, a qualidade dos criativos das suas campanhas publicitárias e muito mais.

Mas para ter uma ideia, o custo médio por clique para anúncios de pesquisa do Google em todas as indústrias é por volta de $4.22 mas este custo varia muito de industria para industria. No gráfico em baixo, com dados da Worldstream.com e da localiq.com podem analisar essas diferenças e ficar com uma ideia do benchmark para cada industria.


CPC médio por clique para anúncios de pesquisa do Google

Devo anunciar no Google?

Através do Google Ads, as empresas podem alcançar pessoas no melhor momento possível, quando elas já sentem a necessidade e estão ativamente à procura de informações, produtos e serviços.

Isto torna o Google e em específico o Google Ads uma plataforma poderosa e muito eficiente, para todos os setores e atividades, e deixamos aqui algumas das principais vantagens:


1.       Aumenta Leads e Clientes:

O Google Ads é uma das melhores ferramentas para geração de leads (Potenciais clientes interessados no seu serviço). Se bem configuradas, as campanhas podem enviar leads extremamente segmentados para o seu site ou formulário de inscrição.

 

2.       Plataforma de Marketing Flexível:

É uma ferramenta de marketing extremamente flexível, e com um elevado grau de controlo. É adequado para todo o tipo de organizações e compatível com uma vasta gama de outras plataformas e sistemas de software.

 

3.       Retorno Elevado do Investimento:

Só paga por anúncios nos quais as pessoas clicam, podendo obter um retorno elevado após a otimização das campanhas. No entanto, isto leva tempo e tem de descobrir qual a abordagem mais adequada para si e para a sua empresa. O Google Ads é perfeito para este efeito, porque é muito transparente e as informações de que necessita estão prontamente disponíveis.

 

4.       Resultados Rápidos e Transparentes:

O Google Ads é conhecido pela rapidez e clareza dos resultados e relatórios das campanhas. O painel de controlo fornece-lhe todas as informações relacionadas com cada campanha, como os anúncios clicados, as palavras-chave que os visitantes do Web site introduziram e o custo dos cliques.

 

5.       Acesso a um Tráfego de Alta Qualidade:

Devido ao domínio de mercado da Google, e à sua enorme base de clientes, pode enviar uma grande quantidade de tráfego diariamente para as empresas. Mas mais importante do que isso o Google orgulha-se de apresentar os conteúdos e anúncios mais relevantes para as pessoas, e isto faz com que as pessoas que o Google envia para si têm mais probabilidades, do que as pessoas provenientes de outras fontes, de se tornarem clientes, de aderirem à sua lista de correio eletrónico, de solicitarem informações ou de realizarem qualquer ação que pretenda que realizem.

 

6.       Fica a saber mais sobre o seu mercado.

Se souber onde procurar o Google Ads fornece informações valiosas sobre os hábitos e preferências dos seus clientes. É importante entrar na mente dos seus clientes ideais. Compreender o seu público torna muito mais fácil lidar com os clientes e descobrir o que eles querem. O Google Ads, fornece informações sobre os hábitos e as necessidades dos clientes com que os empresários das gerações anteriores apenas podiam sonhar. Pode utilizar estas informações para melhorar os seus produtos e serviços, bem como para aperfeiçoar os seus esforços de marketing.


Devo fazer os meus próprios anúncios Google ou recorrer a profissionais?

De uma forma geral, se a sua empresa já existe há mais de seis meses ou um ano e regista um volume significativo de visitantes únicos por mês, valor que varia muito com a tipologia do negócio, mas que pode ir de 1000 a 2000 visitantes se for um site B2B, ou 5000 a 10.000 visitantes se for um site B2C, pode ser o momento certo para contratar um Gestor de Anúncios Google ou um consultor que ofereça acompanhamento personalizado.

Existem várias vantagens em contratar um profissional experiente desde o início. Eis alguns dos principais benefícios:


  • Eles vão otimizar os seus anúncios para um melhor desempenho, poupando-lhe trabalho e frustração.

  • Já são certificados pelo Google para gerir os seus anúncios, e com a experiência que têm facilmente justificam o seu custo em eficiência do seu orçamento e vendas geradas.

  • Sabem configurar corretamente o acompanhamento de conversões, transformando os dados do seu painel em informações valiosas.

  • Permitirão que se concentre totalmente no negócio, em vez de dividir a atenção entre a gestão de anúncios e a administração da empresa.

  • Libertarão o seu tempo para se dedicar ao que realmente importa enquanto proprietário de um negócio: criar conteúdo original e prestar um serviço de qualidade aos seus clientes.

  • Mantêm-se atualizados com as tendências em constante evolução e as novas inovações na plataforma Google.

  • Como trabalham com múltiplas contas de anúncios, conseguem perceber o que funciona noutros contextos e aplicar essas estratégias às suas campanhas.

  • Utilizam a sua experiência prévia para evitar gastar dinheiro em táticas de campanha que não geram retorno sobre o investimento.

  • Saberão distinguir se algum problema de conversão está relacionado com os seus anúncios ou com o seu website/página de destino.


O Google Ads apresenta-se como uma ferramenta indispensável no arsenal de qualquer empresa que busca crescimento e visibilidade no competitivo mercado atual. Com a capacidade de direcionar anúncios altamente segmentados para um público que já demonstra interesse, o Google Ads não só aumenta as suas leads e clientes, mas também oferece flexibilidade, controle de custos, e retorno sobre o investimento.

Seja para gerir internamente ou recorrer a profissionais certificados, investir no Google Ads pode transformar a forma como a sua empresa se conecta com o seu público-alvo, proporcionando uma vantagem competitiva vital no mundo digital. Com a contínua evolução da plataforma e a sua capacidade de adaptação às necessidades de diferentes negócios e indústrias, o Google Ads permanece como um recurso inestimável para empresas em busca de crescimento e sucesso sustentado.



9 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page